NECRÓPOLE - Espaço para a interação e convivência social virtual entre escritores de literatura fantástica. (SEXTO TÓPICO - ABERTO)

Página 38 de 40 Anterior  1 ... 20 ... 37, 38, 39, 40  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: NECRÓPOLE - Espaço para a interação e convivência social virtual entre escritores de literatura fantástica. (SEXTO TÓPICO - ABERTO)

Mensagem por Poleto em Seg 26 Jul 2010 - 9:52

Oi pessoal.
Final de semana meio corrido. Praticamente não fiquei no PC. Até o final do dia vou pegar os posts relacionados aos "contos foufos" e mover para um tópico específico.

Aliás, a discussão sobre os mestres latinos do Fantástico também renderiam um bom tópico. Só uma idéia... Wink

Paulo, o seu conto é muito bonito, e realmente "foufo", ehehehehehhe.

___________________________________________________

http://casadasalmas.blogspot.com
avatar
Poleto

Mensagens : 1550
Data de inscrição : 27/12/2008
Idade : 38
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://casadasalmas.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NECRÓPOLE - Espaço para a interação e convivência social virtual entre escritores de literatura fantástica. (SEXTO TÓPICO - ABERTO)

Mensagem por ramonbacelar em Seg 26 Jul 2010 - 11:53

Tânia Souza escreveu:Eu ja tentei traduzir um conto de Cortazar, El hijo del vampiro, mas acabei desistindo, justamente por questões como estas que vocês comentaram, alias, adoro aquele conto, muito bom.

T
só agora que vc comentou me lembrei de como o Cortazar é bom rsrsr
Acho que tenho esse conto em algum lugar.

Alguém gosta dos contos do Dino Buzzati?
avatar
ramonbacelar

Mensagens : 185
Data de inscrição : 21/07/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NECRÓPOLE - Espaço para a interação e convivência social virtual entre escritores de literatura fantástica. (SEXTO TÓPICO - ABERTO)

Mensagem por ramonbacelar em Seg 26 Jul 2010 - 12:11



>>>Aliás, a discussão sobre os mestres latinos do Fantástico também renderiam um bom tópico. Só uma idéia... Wink

Poleto,

Faço minhas as suas palavras.

Vou colocar algumas sugestões para tópicos:

1-Trechos: compartilhamento de trechos de contos (finalizados ou não) para análise e opinião dos membros; sugestões, troca de idéias e tudo relacionado ao universo da escrita.
2-Mestres do fantástico: colocaríamos subtópicos como sugerido pelo Poleto.
3-Obscuridades: livros e autores obscuros lançados em língua portuguesa que mereçam ser lidos ou autores fora do gênero cujas obras roçam pelo fantástico, surreal, experimental etc. (Virginia Wolf, Bruno Schulz, Angusto Monterroso, Isak Dinesen). Em minhas andanças pelos sebos virtuais constatei que existe um manacial de autores traduzidos que se enquadram no genérico "literatura estranha" mas desconhecidos pelos apreciadores do fantástico.


avatar
ramonbacelar

Mensagens : 185
Data de inscrição : 21/07/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NECRÓPOLE - Espaço para a interação e convivência social virtual entre escritores de literatura fantástica. (SEXTO TÓPICO - ABERTO)

Mensagem por Tânia Souza em Seg 26 Jul 2010 - 15:37

1-Trechos: compartilhamento de trechos de contos (finalizados ou não) para análise e opinião dos membros; sugestões, troca de idéias e tudo relacionado ao universo da escrita.

adoraria um tópico assim, eu tenho vários trechos perdidos no meio do caminho
avatar
Tânia Souza

Mensagens : 2066
Data de inscrição : 27/12/2008
Idade : 41

Ver perfil do usuário http://recantodasletras.uol.com.br/autores/titania

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NECRÓPOLE - Espaço para a interação e convivência social virtual entre escritores de literatura fantástica. (SEXTO TÓPICO - ABERTO)

Mensagem por ramonbacelar em Seg 26 Jul 2010 - 15:53

Tânia Souza escreveu:1-Trechos: compartilhamento de trechos de contos (finalizados ou não) para análise e opinião dos membros; sugestões, troca de idéias e tudo relacionado ao universo da escrita.

>>>adoraria um tópico assim, eu tenho vários trechos perdidos no meio do caminho

T
vamos ver se a idéia pega fogo. Não sei se acontece só comigo, mas as vezes necessito de uma "opinião de fora" nos primeiros parágrafos de um novo conto, quando tento acertar o tom.
avatar
ramonbacelar

Mensagens : 185
Data de inscrição : 21/07/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NECRÓPOLE - Espaço para a interação e convivência social virtual entre escritores de literatura fantástica. (SEXTO TÓPICO - ABERTO)

Mensagem por Poleto em Seg 26 Jul 2010 - 15:58

Só para lembrar ao pessoal:

Todos são livres para criarem os tópicos que quiserem (respeitando as regras do fórum, é claro).
Vão até a página principal do fórum e procurem a categoria que melhor se adeque ao tópico a ser aberto, e criem um novo tópico. Se desejarem, anunciem aqui a criação do novo tópico. O fórum é nosso, e somos livres para fazermos o que quisermos (dentro das regras, é claro).

Se por acaso alguém ficar com medo de fazer algo errado, procurem um dos moderadores do fórum (eu e o Luciano Barreto) que ajudamos a fazer algo ou a desfazer algo. Smile

___________________________________________________

http://casadasalmas.blogspot.com
avatar
Poleto

Mensagens : 1550
Data de inscrição : 27/12/2008
Idade : 38
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://casadasalmas.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NECRÓPOLE - Espaço para a interação e convivência social virtual entre escritores de literatura fantástica. (SEXTO TÓPICO - ABERTO)

Mensagem por Poleto em Seg 26 Jul 2010 - 15:58

Quanto ao tópico sobre os mestres latinos, se criarem o tópico, me avisem que eu movo as conversas referentes a este assunto para o novo tópico.

___________________________________________________

http://casadasalmas.blogspot.com
avatar
Poleto

Mensagens : 1550
Data de inscrição : 27/12/2008
Idade : 38
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://casadasalmas.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NECRÓPOLE - Espaço para a interação e convivência social virtual entre escritores de literatura fantástica. (SEXTO TÓPICO - ABERTO)

Mensagem por seguidorlovecraft em Seg 26 Jul 2010 - 16:55

Nobres amigos

Tudo OK!
Começo dessa forma para dizer acerca do meu exame de sexta-feira passada, de colonendoscopia
Para o exame, fui submetido a uma anestesia geral.
E digo: conheci e comprovei. Dis e R'lyeh existem! Eu voei, viajei sobre cada uma, mas não me perguntem como elas são, pouco ou quase nada ficou retido na lembrança.

Um dia antes, portanto quinta-feia, escrevi um conto. Em homenagem a Henry Evaristo!

Ei-lo abaixo.
Se alguém quiser publicar em algum sítio, está de bom tamanho.
Foi muito bom tê-lo escrito.

LNN
avatar
seguidorlovecraft

Mensagens : 1126
Data de inscrição : 16/01/2009
Idade : 33
Localização : Rio Grande do Sul

Ver perfil do usuário http://seguidorlovecraft.multiply.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NECRÓPOLE - Espaço para a interação e convivência social virtual entre escritores de literatura fantástica. (SEXTO TÓPICO - ABERTO)

Mensagem por seguidorlovecraft em Seg 26 Jul 2010 - 17:04

A Resposta de Henry


Autor: Leonardo Nunes Nunes

22 / 07 / 2010 – 12: 35 – 20:19



Para o nobre e saudoso amigo Henry Evaristo.



Venho, a muito, tentando encontrar a resposta. A resposta para a vida. A resposta para a morte. A resposta para a distância(1). Mas tenho medo de encontrá-la, também. Covarde, uns diriam. A essência, homiziada no âmago do peito, que translada paulatinamente minha aparência, minhas feições. Como entender o que se passa comigo, tudo à minha roda? Às vezes penso estar imiscuído n’um mundo louco, para o qual somente a loucura pode salvar. Mas não estaria eu falando com coerência, afirmando minha sanidade, pois não estou são n’um mundo como este. E basta olhar as pessoas para sentir aflição. Aflição capaz de congelar minha espinha. Todos cegos diante a uma verdade inconteste: é tudo um erro. Um grande erro.
Já bebi para esquecer minha vida. Já claudiquei por vielas estranhas, ruas escuras de minha cidade, sempre na tentativa vã de poder encontrar (encontrar-me) um rumo para tomar, um objetivo para alcançar. Pura desilusão. Puro sofrimento. Pura amargura. Meu peito já não agüenta tanto escalavrado. E já há muito é hora de encontrar um sentido p’ra minha vivência. Sou apenas sombra do que nunca fui, entretanto. E se algum dia tive sorte, foi quando pude, enfim, expressar meus sentimentos em palavras escritas. E se, com isso, minha sorte concedeu-me o privilégio de conhecer pessoas, fui agraciado por um torvelinho de esperança, hoje ignaro. E se o privilégio de conhecer pessoas foi apenas um torvelinho de esperança no todo, à época e a seu talante foi um rebôjo. Um rebôjo voraz, sorvedouro, célere, finito.
Este rebôjo, apenas um torvelinho dentro de todo o contexto de minha vivência, serviu para estremar uma ínfima parte de mim. O zênite d’um ínfimo instante comparado ao nadir de minha existência. Foi conhecer iguais a mim. Pessoas capazes de criar uma nova explicação para tudo à nossa roda, talvez incapazes de serem entendidas a seu tempo, ou no mínimo desconhecidas. Mas o que fez distanciar-me (virtualmente) delas? Quem foi o responsável pela minha ausência? O que eu fiz?
Talvez nunca serei compreendido. Talvez nunca serei compreendido em tempo algum. Talvez nunca serei compreendido em tempo algum, nem por qualquer pessoa. Talvez nunca serei compreendido em tempo algum, nem por qualquer pessoa, nem por qualquer vivente. Talvez nunca serei compreendido em tempo algum, nem por qualquer pessoa. Talvez nunca serei compreendido em tempo algum. Talvez nunca serei compreendido.
Talvez nunca. Talvez. Talvez nunca serei o que sempre quis. E o que me foi destinado, talvez nunca chegue a mim. Nunca. Pois são as hercúleas dúvidas as que me assolam. As que me enfraquecem. Derrotam-me. Derrotam-me e me esmagam. Derrotam-me e me esmagam implacavelmente. Derrotam-me e me esmagam, implacavelmente, fazendo-me dela seu escravo, e ela, meu algoz. Sem importância. Sem lógica. Sem remorso.
Não, meu amigo. A passagem é muita estreita. Os perigos, muitos. Motejos, diversos. Não, meu amigo. Não há subterfúgio, muito menos ardil. No fim você está certo. No fim, olhar “à beira do abismo(2)” é olhar para nós mesmos. Cair “subjugado pelo poder(3)” daquilo que se desconhece, é conhecer nossos mais íntimos desejos. Então, que devo eu fazer?

Está certo. Ainda não chegou a minha hora. Sabe quando chegará? Não. Não lhe é permitido saber. Eu entendo; minto, não entendo. Não faz sentido, não aqui, não para mim. E do teu lado, faz? A sua demora em responder me faz acreditar que também não. Não, eu já sabia. Mas, e o sinal qu’eu tenho, a vida qu’eu levo? Não existe? Tem certeza? Você tem, eu sei. Mas por que tudo isso? Você tem razão, tem toda razão. Eu não compreenderia. Sim, estou olhando. Não, nada vejo além disso. Minha visão? Eu sei que é limitada. Mas... Não há um ‘mas’, correto? Sim, eu escuto. Não sei dizer. Da mesma maneira você aí. Não sabe explicar direito. Faz pouco que chegou. Mas eu não sou capaz sequer de sorrir, um movimento involuntário! Nem você, quando vivo; entendo. Está bem. Tentarei. Certo. Tentarei chegar ao final, sem antecipá-lo. Aquele foi o seu final, não é? O seu final natural, correto? Farei. Farei o que (você) me pede. Farei. Eu prometo! Viver até o final. Descobrirei, assim como você descobriu? Está bem. Falarei, também. Avisarei a todos que você está melhor. Que os teus machucados não mais doem. Sinto. Sinto a sua presença. Mas de onde vem, mesmo? Não é correto falar. Precisa ir? Já? Mas nem falamos tudo... está bem. ‘Eles’ o esperam? Eu estava certo? Diga. Serei? Serei recebido de braços abertos? Certo, recolherei. Nenhuma lágrima vai cair por tão pouco. Certo: tenho muito a dizer. Tenho muito a dizer... Volte. A honra é minha, pode ter certeza. Fale, eu escuto.







Na minha última noite sobre esta terra, parecia gritar enfurecido com o tempo, com o espaço e com Deus. Frases emanavam no ar sensações macabras; sentenças de medo sobrenatural. Parecia me envolver como o abraço da morte que vai penetrando a pele e, esmigalhando ossos e órgãos, avança como um verme dos lamaçais pútridos do Tártaro. E, no entanto, sinto-me capaz de racionalizar sobre: solidão tão terrível agora sou apenas espírito. Quero que você conheça um pouco dos mistérios que estão além da compreensão e da aceitação humanas. Na minha última noite sobre esta terra, tudo brilhava com uma luz espectral, o fardo deste maldito conhecimento me fustiga as costas como nunca. Foi apenas o tempo correto. Por que fui tão desrespeitoso e cético ante o fato de que se aproximava a hora do amaldiçoado sétimo? Ai de mim! Tinha que prosseguir c jornada pelos domínios estranhos d mente, minha vida. Mas, só isso basta para que nos tornemos parte dsegredo desta vida? No horizonte longínquo, olhei apavorado para a lua vermelha aspergindo seu veneno morfético por entre nuvens escuras como se disparasse uma miríade de raios em direção à decrépita terra que me abrigava, ao mesmo tempo, sorrindo e chorando. No mesmo instante tive plena certeza de que era hipnotizado. Não temes, meu irmão, a algazarra dos seres vivos neste mundo louco. Insano nestas terras escuras, um último sorriso sarcástico para sua miserável existência. Agora sois quem guarda o segredo deste universo de dores e escravidões d'além mar. É tua a obrigação guardá-lo bem. Eu estarei em ti e tu estarás em mim, será uma imensa honra! (4)







FIM
1- Neste texto, ‘distância’ assume o sentido da separação da alma e do corpo após a morte. LNN

2- À beira de um negro abismo me prostrei” - O Abismo e a Lua – H. Evaristo.

3- Diante dos portais de ébano de Dharan-Tyr, na Swyrnea, eu caí subjugado pelo poder dos deuses mortos. E suas vestes azuladas roçaram meu rosto como a proferir enigmas vitais.” - Os Portais de Ébano – H. Evaristo

4- Esta ‘resposta’ é composta por fragmentos de algumas histórias de Henry Evaristo, enfeixados de tal forma que pudesse transmitir uma mensagem já previamente captada e narrada nas histórias que se seguem: “Eu reúno as forças dos abismos!”; “Reflexões de Gardênio”; “Os Ventos do Urrador”; “Virgílio”; “Os Portais de Ébano” e “O Abismo e a Lua”; com exceção de alguns pontos e de algumas vírgulas, introduzidas para dar sentido à ‘resposta’. O fragmento final da ‘resposta “será uma imensa honra!”, compõe uma missiva-resposta de Henry Evaristo para o autor (LNN) quando na oportunidade em que (LNN) pediu permissão para usar seu nome em meu primeiro romance, ‘Sombrio Desígnio’, homenageando-o.
avatar
seguidorlovecraft

Mensagens : 1126
Data de inscrição : 16/01/2009
Idade : 33
Localização : Rio Grande do Sul

Ver perfil do usuário http://seguidorlovecraft.multiply.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NECRÓPOLE - Espaço para a interação e convivência social virtual entre escritores de literatura fantástica. (SEXTO TÓPICO - ABERTO)

Mensagem por seguidorlovecraft em Seg 26 Jul 2010 - 17:11

Desculpem pela diferença de tamanho de letra e fonte em cada parágrafo. Mas é isso aí.
Fica o registro.

Abraços
LNN
avatar
seguidorlovecraft

Mensagens : 1126
Data de inscrição : 16/01/2009
Idade : 33
Localização : Rio Grande do Sul

Ver perfil do usuário http://seguidorlovecraft.multiply.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NECRÓPOLE - Espaço para a interação e convivência social virtual entre escritores de literatura fantástica. (SEXTO TÓPICO - ABERTO)

Mensagem por seguidorlovecraft em Seg 26 Jul 2010 - 17:18

Outros dois contos meus:

Estou tentando colocar o link, mas está difícil.
Então, caso acharem interessante, entrem no:
www.projetopassofundo.com.br

Lá publiquei dois outros contos meus:
"A Limítrofe Arte de Escrever" e
"Deus Filisteu"

Este segundo alguns dos amigos já tiveram a oportunidade de ler. Acho que foi o amigo Poleto, se não me engano.

Abraços
LNN
avatar
seguidorlovecraft

Mensagens : 1126
Data de inscrição : 16/01/2009
Idade : 33
Localização : Rio Grande do Sul

Ver perfil do usuário http://seguidorlovecraft.multiply.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NECRÓPOLE - Espaço para a interação e convivência social virtual entre escritores de literatura fantástica. (SEXTO TÓPICO - ABERTO)

Mensagem por Flávio de Souza em Seg 26 Jul 2010 - 20:11

Salve Povo do Além!

Tudo nos conformes?

Vários tópicos prestes a surgir, diferentes assuntos, é isso aí.

Cellyta, estou na área, só não participei dos debates porque estou na correria mesmo. Estou com ideias para dois contos, mas não consigo tempo para parar e escrever. Difícil...

Léo, beleza de conto. Justa homenagem...

avatar
Flávio de Souza

Mensagens : 719
Data de inscrição : 17/07/2009
Idade : 42
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://www.flaviodsouza.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NECRÓPOLE - Espaço para a interação e convivência social virtual entre escritores de literatura fantástica. (SEXTO TÓPICO - ABERTO)

Mensagem por Victor em Seg 26 Jul 2010 - 20:28

Léo, bela homenagem ao mestre!

Contos Cellynianos? É assim que se escreve? Great idea!!
avatar
Victor

Mensagens : 408
Data de inscrição : 04/04/2009
Localização : Não-Me-Toque / RS

Ver perfil do usuário http://www.contosominosos.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NECRÓPOLE - Espaço para a interação e convivência social virtual entre escritores de literatura fantástica. (SEXTO TÓPICO - ABERTO)

Mensagem por Flávio de Souza em Seg 26 Jul 2010 - 20:31

Victor, meu amigo! Você está sumido hein! O que andas aprontando pelos pampas?



Victor escreveu:Léo, bela homenagem ao mestre!

Contos Cellynianos? É assim que se escreve? Great idea!!
avatar
Flávio de Souza

Mensagens : 719
Data de inscrição : 17/07/2009
Idade : 42
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://www.flaviodsouza.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NECRÓPOLE - Espaço para a interação e convivência social virtual entre escritores de literatura fantástica. (SEXTO TÓPICO - ABERTO)

Mensagem por Victor em Seg 26 Jul 2010 - 20:51

Ahuahuahuaa...Flávio, amigo do peito, algumas vicissitudes me assaltam por demais...ahauhaua

Mas, esforçar-me-ei para voltar aos corredores lúgubres do nosso apaixonado fórum!!! kkkkk
avatar
Victor

Mensagens : 408
Data de inscrição : 04/04/2009
Localização : Não-Me-Toque / RS

Ver perfil do usuário http://www.contosominosos.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NECRÓPOLE - Espaço para a interação e convivência social virtual entre escritores de literatura fantástica. (SEXTO TÓPICO - ABERTO)

Mensagem por Flávio de Souza em Seg 26 Jul 2010 - 20:57

Diversas teorias surgiram, desde a de que você estaria na África do Sul, ou a de que teria sido abduzido (o Bordin também), teria virado um lobisomem e se refugiado na Amazônia, até mesmo se alistado na Legião Estrangeira...mas, ao que parece, não foi nada disso...



Victor escreveu:Ahuahuahuaa...Flávio, amigo do peito, algumas vicissitudes me assaltam por demais...ahauhaua

Mas, esforçar-me-ei para voltar aos corredores lúgubres do nosso apaixonado fórum!!! kkkkk
avatar
Flávio de Souza

Mensagens : 719
Data de inscrição : 17/07/2009
Idade : 42
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://www.flaviodsouza.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NECRÓPOLE - Espaço para a interação e convivência social virtual entre escritores de literatura fantástica. (SEXTO TÓPICO - ABERTO)

Mensagem por Victor em Seg 26 Jul 2010 - 20:58

Ahauahauhauahuahauahuahauhua

Bem que a teoria do lobo poderia ser vdd...sniffff
avatar
Victor

Mensagens : 408
Data de inscrição : 04/04/2009
Localização : Não-Me-Toque / RS

Ver perfil do usuário http://www.contosominosos.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NECRÓPOLE - Espaço para a interação e convivência social virtual entre escritores de literatura fantástica. (SEXTO TÓPICO - ABERTO)

Mensagem por Flávio de Souza em Seg 26 Jul 2010 - 21:00

Háháháháhá...me lembrou o Danilo do RL, lembra dele? Ele dizia que queria ser um licantropo, ou, pelo menos, se encontrar com um, desde que estivesse numa distância segura...háháháhá...



Victor escreveu:Ahauahauhauahuahauahuahauhua

Bem que a teoria do lobo poderia ser vdd...sniffff
avatar
Flávio de Souza

Mensagens : 719
Data de inscrição : 17/07/2009
Idade : 42
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://www.flaviodsouza.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NECRÓPOLE - Espaço para a interação e convivência social virtual entre escritores de literatura fantástica. (SEXTO TÓPICO - ABERTO)

Mensagem por Victor em Seg 26 Jul 2010 - 21:04

Lembro dele sim. Figura! Se encontrar com um Lobo numa distância segura? Acho que tal não existe ahauahua Avisa ele!!
avatar
Victor

Mensagens : 408
Data de inscrição : 04/04/2009
Localização : Não-Me-Toque / RS

Ver perfil do usuário http://www.contosominosos.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NECRÓPOLE - Espaço para a interação e convivência social virtual entre escritores de literatura fantástica. (SEXTO TÓPICO - ABERTO)

Mensagem por Flávio de Souza em Seg 26 Jul 2010 - 21:08

É verdade! Nem um sonho (ou pesadelo)...deixo o Demônio da Lua Cheia só nas páginas e filmes mesmo...hehehehehehehehehe...


Victor escreveu:Lembro dele sim. Figura! Se encontrar com um Lobo numa distância segura? Acho que tal não existe ahauahua Avisa ele!!
avatar
Flávio de Souza

Mensagens : 719
Data de inscrição : 17/07/2009
Idade : 42
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://www.flaviodsouza.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NECRÓPOLE - Espaço para a interação e convivência social virtual entre escritores de literatura fantástica. (SEXTO TÓPICO - ABERTO)

Mensagem por Victor em Seg 26 Jul 2010 - 21:10

Rapaz, sabe que eu tenho a estranha vontade de ver um? Não vale dizer que sou maluco!!
avatar
Victor

Mensagens : 408
Data de inscrição : 04/04/2009
Localização : Não-Me-Toque / RS

Ver perfil do usuário http://www.contosominosos.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NECRÓPOLE - Espaço para a interação e convivência social virtual entre escritores de literatura fantástica. (SEXTO TÓPICO - ABERTO)

Mensagem por Flávio de Souza em Seg 26 Jul 2010 - 21:15

O problema é viver para contar a história...Lembra da "distância segura"?


Victor escreveu:Rapaz, sabe que eu tenho a estranha vontade de ver um? Não vale dizer que sou maluco!!
avatar
Flávio de Souza

Mensagens : 719
Data de inscrição : 17/07/2009
Idade : 42
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://www.flaviodsouza.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NECRÓPOLE - Espaço para a interação e convivência social virtual entre escritores de literatura fantástica. (SEXTO TÓPICO - ABERTO)

Mensagem por Victor em Seg 26 Jul 2010 - 21:19

mas eu não queria contar história..só ver unzinho, só ver....acho que não dá né?
avatar
Victor

Mensagens : 408
Data de inscrição : 04/04/2009
Localização : Não-Me-Toque / RS

Ver perfil do usuário http://www.contosominosos.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NECRÓPOLE - Espaço para a interação e convivência social virtual entre escritores de literatura fantástica. (SEXTO TÓPICO - ABERTO)

Mensagem por Flávio de Souza em Seg 26 Jul 2010 - 21:21

Ver e sair ileso...acho que não dá, afinal, o bicho tem uma reputação a zelar...sabe como é...



Victor escreveu:mas eu não queria contar história..só ver unzinho, só ver....acho que não dá né?
avatar
Flávio de Souza

Mensagens : 719
Data de inscrição : 17/07/2009
Idade : 42
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://www.flaviodsouza.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NECRÓPOLE - Espaço para a interação e convivência social virtual entre escritores de literatura fantástica. (SEXTO TÓPICO - ABERTO)

Mensagem por Victor em Seg 26 Jul 2010 - 21:25

kkkkkkkkk...entonces (peguei da T este entonces ahauahu) deixa pra lá!! Contentar-me-ei apenas em descreve-lo hermeticamente nas linhas entenebrecidas do ominosos espaço que logro na rede!!
avatar
Victor

Mensagens : 408
Data de inscrição : 04/04/2009
Localização : Não-Me-Toque / RS

Ver perfil do usuário http://www.contosominosos.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NECRÓPOLE - Espaço para a interação e convivência social virtual entre escritores de literatura fantástica. (SEXTO TÓPICO - ABERTO)

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 38 de 40 Anterior  1 ... 20 ... 37, 38, 39, 40  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum