LITERATURA DE TERROR

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

LITERATURA DE TERROR

Mensagem por Henry Evaristo em Sab 27 Dez 2008 - 20:34

Vamos postar aqui nossas considerações a respeito deste estilo da literatura fantástica que é, ele mesmo, quase um gênero indepentente. Criemos temas para debates e conversas amigaveis em torno deste universo que nos é tão caro.

Proponho comerçarmos falando um pouco de Sir Horace Walpole e de seu romance O CASTELO DE OTRANTO, marco inicial da literatura gótica.


avatar
Henry Evaristo
Admin

Mensagens : 753
Data de inscrição : 27/12/2008

Ver perfil do usuário http://forumdacamara.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LITERATURA DE TERROR

Mensagem por Henry Evaristo em Sab 27 Dez 2008 - 23:06

Eu posso começar dizendo que perdi de comprar este livro por apenas 20 reais, novinho, numa promoção de uma livraria aqui pertinho da minha casa. Mas não foi culpa minha. O bandido do vendedor se negou a me vender o livro por 19 reais, que era o que eu tinha no bolso no momento em que o vi. Por um real o cara não me vendeu! Corri em casa pra poder pegar o tal do um real. Quando consegui voltar de casa com a "grana", o infeliz tinha vendido o livro pra outro! Nojento! Rsrsrsrsrs!
avatar
Henry Evaristo
Admin

Mensagens : 753
Data de inscrição : 27/12/2008

Ver perfil do usuário http://forumdacamara.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LITERATURA DE TERROR

Mensagem por Lorde Roger em Sab 27 Dez 2008 - 23:16

dizem que este livro é muito bom. Ainda não li. Parece que tem em arquivo na internet.

Lorde Roger

Mensagens : 4
Data de inscrição : 27/12/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LITERATURA DE TERROR

Mensagem por Henry Evaristo em Sab 27 Dez 2008 - 23:19

Se tiver, Lorde Roger, poste ele aqui pra gente, ok!? É uma leitura muito curiosa pra nós que somos tão ligados a este universo.
avatar
Henry Evaristo
Admin

Mensagens : 753
Data de inscrição : 27/12/2008

Ver perfil do usuário http://forumdacamara.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LITERATURA DE TERROR

Mensagem por Lorde Roger em Dom 28 Dez 2008 - 9:58

eu tenho este livro sim, em arquivo. Ou procurar e postar aqui. Inclusive este livro está completo num blog, isto é, o cara publicou o livro todo traduzido num blog. Ficou muito interessante vou ver se acho nas minhas tralhas este link. É um livro grande, de muitas paginas. Mas foi praticamente o que lançou a literatura gótica.

Lorde Roger

Mensagens : 4
Data de inscrição : 27/12/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LITERATURA DE TERROR

Mensagem por Henry Evaristo em Ter 30 Dez 2008 - 11:52



Horace Walpole nasceu em Londres, Inglaterra, no dia 24 de setembro de 1717. Filho do primeiro ministro Robert Walpole e sua esposa Catherine. Devido à não semelhança entre o jovem Horace e seu pai, não apenas física, mas também de personalidade, existia rumores de que fosse fruto de uma relação adúltera de Catherine. Porém, esse fato nunca fora comprovado.

Horace Walpole passou boa parte de sua infância e criação ao lado da mãe que vivia separada do marido. Em 1727, aos dez anos de idade, teve início sua educação escolar em "Eton", que se estendeu até 1734, onde conheceu o célebre autor Thomas Gray. Posteriormente, entre 1735 e 1738, ingressou e estudou matemática, música e anatomia na "King's College" de Cambridge. Porém, sua passagem foi abalada pela morte de sua mãe, em 1737, a qual, o jovem Horace era muito apegado. Neste mesmo ano, seu pai casou-se com uma antiga amante, Maria Skerrett.

Em 1739, viajou para França e Itália na companhia de seu amigo Thomas Gray. Em Florença, Horace conheceu a Senhora Mary Wortley Montagu. Em 1741, fazendo uso da influência de seu pai, tornou-se membro do parlamento inglês. Sir Robert Walpole, com investimentos bem sucedidos no Exchequer e na Custom House, assegurou uma vida confortável até sua morte em março de 1745.

Posteriormente, em 1747, Horace Walpole adquiriu uma imensa propriedade em Strawberry Hill, Twickenham. Neste local, com a ajuda de dois amigos, o arquiteto amador John Chute e Richard Bentley, deu início à construção de seu pequeno castelo, ou uma mansão que é freqüentemente citada como uma referência do "revival" da arquitetura gótica na Inglaterra. Além de contar com uma imensa biblioteca, o interior da suntuosa residência foi decorado com pinturas, esculturas e porcelanas. Porém, alguns detalhes arquitetônicos foram feitos com papel machê. A partir de 1763, Walpole passou a vender ingressos e a casa foi muito visitada pela aristocracia e nobreza local.

Em 1753, Walpole e Gray publicaram uma edição luxuosa de seis poemas de Thomas Gray, com ilustrações de Richard Bentley. Em seguida, em 1757, inaugurou sua própria imprensa, em Strawberry Hill. Entre as obras impressas estão The Life of Edward Lord Herbert of Cherbury (1764), Catalogue of Royal and Noble Authors of England (1758), Anecdotes of Painting in England e A Catalogue of Engravers. Mas, até 1789, Walpole publicou principalmente seus próprios trabalhos.

Sua maior obra foi publicada em 24 de dezembro de 1764, mas passou a ser conhecida apenas no ano seguinte. The Castle of Otranto (O Castelo de Otranto), é considerado o precursor do estilo literário que seria conhecido como Gothic Novel. Supõe-se que este livro contenha, camuflado em seu desenvolvimento, uma resposta literária aos críticos, uma manifestação do ódio do autor pelo seu pai e também a firmação de sua heterossexualidade, em resposta aos rumores de uma possível homossexualidade.

Em 1766, publicou a sátira política An Account of the Giants lately discovered. The Mysterious Mother, que começou a ser produzida em dezembro de 1766, e Historic Doubts on the Life and Reign of Richard III, foram lançados em 1768. A partir de 1770, sua produção literária orientou-se basicamente em cartas que descrevem eventos artísticos e políticos do cotidiano para os amigos mais próximos, entre eles estavam William Cole, Thomas Gray, William Mason, Hannah More e Voltaire. No mesmo ano, abandonou o parlamento e estabeleceu-se definitivamente em Strawberry Hill.

Em 1774, iniciou uma espécie de inventário de sua mansão, contendo gravuras de quadros e tapetes, além de uma descrição do conteúdo de outros itens. Este trabalho, A Description of the Villa of Mr Horace Walpole, continuou sendo revisado até 1784, quando ganhou uma versão definitiva. Ainda publicou outros trabalhos como On Modern Gardening (1780), baseado em sua experiência com jardinagem em Strawberry Hill e Hieroglyphic Tales, uma obra que, de certa forma, antecipa o surrealismo e a modernidade literária.

Ainda, Horace Walpole instalou numa pequena casa de sua propriedade, a atriz aposentada Kitty Clive. A atriz foi uma ótima companhia. Ambos jogavam cartas, tomavam chá e conversavam. Kitty ocupou a modesta residência chamada de Little Strawberry Hill até sua morte em 1785. A partir deste momento, a casa passou a ser ocupada por Mary and Agnes Berry e seu pai. Em 1791, foi nomeado "Conde de Oxford", mas nunca chegou a ocupar a "House of Lords".

Walpole mantém-se ativo em suas cartas até fevereiro de 1797, quando as crises de gota se intensificam. Em sua casa em Londres, na Berkeley Square, falece no dia 2 de março de 1797. Seu corpo foi sepultado no mausoléu da família, em Houghton. Postumamente, em 1822, foi publicada Memories of the Last Ten Years of George II. Ainda, em 1937, Yale Edition of Horace Walpole's Correspondence, foi editado por Wilmarth Sheldon Lewis, e reeditado em 1983.

Ao longo de sua vida, ganhou notoriedade como escritor e político, mesmo tendo ocupado pequenos cargos administrativos. O autor que chegou a ser considerado por estudiosos como "desorganizado, artificial, caprichoso e meticuloso" também foi rotulado por muitos de seus contemporâneos como "afeminado". Esta teoria é reforçada pelo autor Timothy Mowl, em seu livro sobre Walpole: The Great Outsider (1996). Nesta obra, o autor sugere que Walpole teria tido uma relação homossexual com Henry Fiennes-Clinton, Conde de Lincoln, despertando o ciúme de Thomas Gray. Walpole nunca foi casado.

Sua reputação como literato reforçou-se no século XX com o ressurgimento do interesse, tanto dos leitores como dos autores, pela Gothic Novel. Suas correspondências foram compiladas postumamente e tornaram-se um valoroso registro histórico da Inglaterra daquele período. The Castle of Otranto, já recebeu mais de 150 edições.

Cartas aos amigos, ensaios sobre temas fugazes como jardinagem, histórias anedóticas sobre pintura, discursos e críticas políticas, artigos polêmicos e memórias forjadas, compõem a obra de Walpole. Apesar de ser enquadrado dentro do romantismo, a totalidade de sua obra é inqualificável.



Por Spectrum


FONTE:

site www.spectrumgothic.com.br
avatar
Henry Evaristo
Admin

Mensagens : 753
Data de inscrição : 27/12/2008

Ver perfil do usuário http://forumdacamara.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LITERATURA DE TERROR

Mensagem por Tânia Souza em Qui 8 Jan 2009 - 13:16

E o link, será que o Roger não encontrou? Fiquei curiosa para ler este livro, mas nos sebos da vida e mesmo nas livrarias aqui em Campo Grande não encontrei não, que pena heim Henry, o vendedor foi deveras malvado contigo. Pelo que li sobre o livro, um romance com principes, castelos, fantasmas, maldições, realmente interessante.

Uma curiosidade, parece que o autor ficou inseguro quando escreveu a obra, e apresentou-a primeiro como se fosse uma tradução de um manuscrito do ano de 1529, encontrado por acaso em uma biblioteca ao norte da Inglaterra. Só depois, com o sucesso da história, ele assumiu a autoria, se isso é fato ou lenda, não sei, mas a idéia de traduzir manuscritos antigos para disfarçar a autoria é um recurso narrativo que quase sempre rende boas histórias
.
avatar
Tânia Souza

Mensagens : 2066
Data de inscrição : 27/12/2008
Idade : 40

Ver perfil do usuário http://recantodasletras.uol.com.br/autores/titania

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LITERATURA DE TERROR

Mensagem por Henry Evaristo em Qui 8 Jan 2009 - 13:21

Tânia Souza escreveu:E o link, será que o Roger não encontrou? Fiquei curiosa para ler este livro, mas nos sebos da vida e mesmo nas livrarias aqui em Campo Grande não encontrei não, que pena heim Henry, o vendedor foi deveras malvado contigo. Pelo que li sobre o livro, um romance com principes, castelos, fantasmas, maldições, realmente interessante.

Uma curiosidade, parece que o autor ficou inseguro quando escreveu a obra, e apresentou-a primeiro como se fosse uma tradução de um manuscrito do ano de 1529, encontrado por acaso em uma biblioteca ao norte da Inglaterra. Só depois, com o sucesso da história, ele assumiu a autoria, se isso é fato ou lenda, não sei, mas a idéia de traduzir manuscritos antigos para disfarçar a autoria é um recurso narrativo que quase sempre rende boas histórias
.

Não sabia desta parte da história do Castelo de Otranto. Sei que desde essa época, e sendo o livro de Walpole o primeiro, a literatura de fantasia, fantástica, ou seja lá que nome for, já foi vista com maus olhos, mesmo na Europa. Diziam que era "literatura para moças", sem valor literário, entre outras coisas... Só muitos anos depois é que esta visão, na qual o Brasil ainda se encontra, terminou por lá.
avatar
Henry Evaristo
Admin

Mensagens : 753
Data de inscrição : 27/12/2008

Ver perfil do usuário http://forumdacamara.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LITERATURA DE TERROR

Mensagem por Tânia Souza em Qui 8 Jan 2009 - 13:28

Literatura para moças??? Nossa, essa é nova pra mim, rsss.. já ouvi falar essa expressão quando se trata de romances "água com açucar", ou "novelas rosas", mas olha só, naquela época, além do tema, o estilo narrativo do autor no romance em questão também era um tanto diferente, a vida dele também foi bem interessante heim.
avatar
Tânia Souza

Mensagens : 2066
Data de inscrição : 27/12/2008
Idade : 40

Ver perfil do usuário http://recantodasletras.uol.com.br/autores/titania

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LITERATURA DE TERROR

Mensagem por Henry Evaristo em Qui 8 Jan 2009 - 13:35

Tânia Souza escreveu:Literatura para moças??? Nossa, essa é nova pra mim, rsss.. já ouvi falar essa expressão quando se trata de romances "água com açucar", ou "novelas rosas", mas olha só, naquela época, além do tema, o estilo narrativo do autor no romance em questão também era um tanto diferente, a vida dele também foi bem interessante heim.

sim, literatura para moças! rsrsrsrsrs Os homens sérios se preocupavam em ler os tratados antropológicos, que eram uma febre na inglaterra, nos salões de leitura, onde o macharada, com seus bigodões, se reunia para ler e fumar charutos juntos durante a tarde. Claro que eles não liam somente livros de antropologia. Liam todo tipo de literatura que achassem coisa de macho. Gostavam também de ler textos sobre o oriente. Aliás, os mistérios do oriente eram um dos componentas da tal literatura para moças só que eles não sabiam por que eram todos muito machos e não perdiam tempo lendo estorinhas de fantasmas feitas para assutarem as moçoilas e mantê-las em seus lugares, assustadas com a possibilidade de encontrarem com alguma entidade escabrosa se saissem livres por ai...
avatar
Henry Evaristo
Admin

Mensagens : 753
Data de inscrição : 27/12/2008

Ver perfil do usuário http://forumdacamara.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LITERATURA DE TERROR

Mensagem por Tânia Souza em Qui 8 Jan 2009 - 13:43

Muitas lendas e historias de terror surgiram para assustar as crianças e as moçoilas.... sem correr o risco de perigos mais "reais"...

Essa leitura de "machos" é até engraçada, mas realmente, muitos livros e gêneros sofreram preconceito, inclusive e principalmente, os considerados "malditos"... ou "imorais".
avatar
Tânia Souza

Mensagens : 2066
Data de inscrição : 27/12/2008
Idade : 40

Ver perfil do usuário http://recantodasletras.uol.com.br/autores/titania

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LITERATURA DE TERROR

Mensagem por Henry Evaristo em Qui 8 Jan 2009 - 14:05

Tânia Souza escreveu:Muitas lendas e historias de terror surgiram para assustar as crianças e as moçoilas.... sem correr o risco de perigos mais "reais"...

Essa leitura de "machos" é até engraçada, mas realmente, muitos livros e gêneros sofreram preconceito, inclusive e principalmente, os considerados "malditos"... ou "imorais".

A grande diferença é que em outros países este preconceito é bem menor, ou mesmo inexistente, em nossos dias. Enquanto que no Brasil, esta visão de que a litfant é uma literatura menor, feita para crianças e menininhas, ainda persiste. Coisa semelhante ocorre com a musica eletrônica qué é considerada "musica para homosexuais" aqui no Brasil. Que país, eihn!?
avatar
Henry Evaristo
Admin

Mensagens : 753
Data de inscrição : 27/12/2008

Ver perfil do usuário http://forumdacamara.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LITERATURA DE TERROR

Mensagem por Poleto em Sex 9 Jan 2009 - 9:49

Literatura para moças foi boa.
Pena que só aqui no Brasil não damos a importância devida à literatura fantástica. Na Europa, EUA, e até mesmo na América Latina (com excessão do Brasil) o gênero é apreciado e interminavelmente estudado.

Inclusive, Gabriel Garcia Marquez, colombiano, ganhou o Nobel e literatura com "Cem anos de solidão", que é um livro dentro da Literatura Fantástica (chamado realismo mágico - aonde o estranho é visto com naturalidade, como se fosse algo do cotidiano). Jorge Luis Borges, o argentino, é super elogiado mundo afora, e sua escrita também estava dentro da Literatura Fantástica.

No Brasil, dá-se preferência a romances que falam dos problemas do nordeste; quanto mais desgraçada a história, mais apreciada. Por aqui, tem que ser tudo preto no branco; ou existe ou não existe. Somos tão hipócritas que, torcemos o nariz para a Literatura Fantástica, mas colocamos Paulo Coelho na Academia Brasileira de Letras. Logo ele, que nem ao menos toma o cuidado de conhecer bem o nosso idioma (coisa que deveria saber, visto que vive disso). Vai entender!!! clown
avatar
Poleto

Mensagens : 1550
Data de inscrição : 27/12/2008
Idade : 38
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://casadasalmas.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LITERATURA DE TERROR

Mensagem por Henry Evaristo em Sex 9 Jan 2009 - 12:22

Na verdade o Paulo coelho era um cara de olho na moda do misticismo dos anos 70 que encontrou no sucesso de Raul Seixas uma alavanca para o seu próprio nome. Depois, quando morreu Raul, e ele se viu novamente sem um motor que o impulsionasse para frente, resolveu virar escritor de auto-ajuda. Dizem que alguns livros dele tratam de magia, ocultismo, bruxaria... Mas creio que não chegue perto nem mesmo daquilo que aparece nos livros da série Harry Potter.

Quanto à literatura para moç...opss, quer dizer, literatura fantástica, infelizmente o preconceito que ainda temos hoje no Brasil existiu também na Europa quando dos lançamentos dos primeiros títulos inseridos neste genero. Mesmo mais tarde, com o surgimento de nomes como Hawthorn, Poe, Hoffman e Lovecraft, o genero continuou sendo considerado menor. Hoje em dia é que estes nomes viraram classicos, em seus tempos, praticamente morreram de fome. A litfant é alvo de estudos, de livros de teoria, e conta com todo o respaldo acadêmico em nossos dias, mas não foi sempre assim.

Os livros de historia, quando se referem à efervecência cultural na Europa dos séculos XVIII, XIX e início do XX sempre citam livros como os de Walpole e Ann Radcliff como leitura exótica, para desempregados, para os párias, para as meninas de famílias menos abastadas...em fim, para o povão que vivia pelas ruas de cidades como Londres meio assustado entre a fumaça e os velhos edificios escuros...
avatar
Henry Evaristo
Admin

Mensagens : 753
Data de inscrição : 27/12/2008

Ver perfil do usuário http://forumdacamara.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LITERATURA DE TERROR

Mensagem por Poleto em Sex 9 Jan 2009 - 13:25

Henry escreveu:Na verdade o Paulo coelho era um cara de olho na moda do misticismo dos anos 70 que encontrou no sucesso de Raul Seixas uma alavanca para o seu próprio nome. Depois, quando morreu Raul, e ele se viu novamente sem um motor que o impulsionasse para frente, resolveu virar escritor de auto-ajuda. Dizem que alguns livros dele tratam de magia, ocultismo, bruxaria... Mas creio que não chegue perto nem mesmo daquilo que aparece nos livros da série Harry Potter.

Ao que me parece, os livros de Paulo Coelho pegam essas "frases da sabedoria oriental" e transformam em um livro.

Henry escreveu:Quanto à literatura para moç...opss, quer dizer, literatura fantástica, infelizmente o preconceito que ainda temos hoje no Brasil existiu também na Europa quando dos lançamentos dos primeiros títulos inseridos neste genero. Mesmo mais tarde, com o surgimento de nomes como Hawthorn, Poe, Hoffman e Lovecraft, o genero continuou sendo considerado menor. Hoje em dia é que estes nomes viraram classicos, em seus tempos, praticamente morreram de fome. A litfant é alvo de estudos, de livros de teoria, e conta com todo o respaldo acadêmico em nossos dias, mas não foi sempre assim.

Os livros de historia, quando se referem à efervecência cultural na Europa dos séculos XVIII, XIX e início do XX sempre citam livros como os de Walpole e Ann Radcliff como leitura exótica, para desempregados, para os párias, para as meninas de famílias menos abastadas...em fim, para o povão que vivia pelas ruas de cidades como Londres meio assustado entre a fumaça e os velhos edificios escuros...

Mas toda novidade causa estranhamento. Uma novidade recente que foi tachada como loucura e coisa de desocupados foi a invenção do computador pessoal. Empresas do porte da HP (ou talvez tenha sido a Xerox) e IBM riram na cara dos "malucos" que tentaram popularizar o PC. Hoje em dia, todo mundo se arrepende amargamente das atitudes de anos atrás.

Felizmente, hoje a Literatura Fantástica tem o seu valor. Antes tarde do que nunca.
avatar
Poleto

Mensagens : 1550
Data de inscrição : 27/12/2008
Idade : 38
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://casadasalmas.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LITERATURA DE TERROR

Mensagem por Henry Evaristo em Sex 9 Jan 2009 - 13:29

Poleto escreveu:
Henry escreveu:Na verdade o Paulo coelho era um cara de olho na moda do misticismo dos anos 70 que encontrou no sucesso de Raul Seixas uma alavanca para o seu próprio nome. Depois, quando morreu Raul, e ele se viu novamente sem um motor que o impulsionasse para frente, resolveu virar escritor de auto-ajuda. Dizem que alguns livros dele tratam de magia, ocultismo, bruxaria... Mas creio que não chegue perto nem mesmo daquilo que aparece nos livros da série Harry Potter.

Ao que me parece, os livros de Paulo Coelho pegam essas "frases da sabedoria oriental" e transformam em um livro.

Henry escreveu:Quanto à literatura para moç...opss, quer dizer, literatura fantástica, infelizmente o preconceito que ainda temos hoje no Brasil existiu também na Europa quando dos lançamentos dos primeiros títulos inseridos neste genero. Mesmo mais tarde, com o surgimento de nomes como Hawthorn, Poe, Hoffman e Lovecraft, o genero continuou sendo considerado menor. Hoje em dia é que estes nomes viraram classicos, em seus tempos, praticamente morreram de fome. A litfant é alvo de estudos, de livros de teoria, e conta com todo o respaldo acadêmico em nossos dias, mas não foi sempre assim.

Os livros de historia, quando se referem à efervecência cultural na Europa dos séculos XVIII, XIX e início do XX sempre citam livros como os de Walpole e Ann Radcliff como leitura exótica, para desempregados, para os párias, para as meninas de famílias menos abastadas...em fim, para o povão que vivia pelas ruas de cidades como Londres meio assustado entre a fumaça e os velhos edificios escuros...

Mas toda novidade causa estranhamento. Uma novidade recente que foi tachada como loucura e coisa de desocupados foi a invenção do computador pessoal. Empresas do porte da HP (ou talvez tenha sido a Xerox) e IBM riram na cara dos "malucos" que tentaram popularizar o PC. Hoje em dia, todo mundo se arrepende amargamente das atitudes de anos atrás.

Felizmente, hoje a Literatura Fantástica tem o seu valor. Antes tarde do que nunca.

Isso é verdade. E ainda espero que este nosso grupo venha a ser uma peça importante para que o Brasil tome o mesmo rumo que a comunidade internacional na aceitação, respeito e valorização devidas à Litfant.
avatar
Henry Evaristo
Admin

Mensagens : 753
Data de inscrição : 27/12/2008

Ver perfil do usuário http://forumdacamara.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LITERATURA DE TERROR

Mensagem por Tânia Souza em Sex 9 Jan 2009 - 13:36

Pessoal, esse sucesso de Paulo Coelho é principalmente pq ele sabe vender o peixe, de fato, rs... pessoalmente, já li e não gosto, mas também, como você mesmo disse Henry, a história as vezes destaca de um modo, e as pessoas destacam de outro, a gente percebe que em cada época, as pessoas valorizam, mesmo que de modo inconsciente, um estilo de arte, conforme a siituação política, social, o desenvolvimento da cientifico, etc ...... Um bom exemplo é o Realismo e o Naturalismo, em que muitos autores tentavam provar as teorias cientificas no romance, logo em seguida, com o desencanto da ciência como salvadora da pátria, surge o Decadentismo e o Simbolismo, que valorizavam principalmente o eu, entre tantos outros temas.


Hoje, que nós temos a internet, nem consigo pensar no tanto que mudou na vida de algumas pessoas, desde trabalho, relações pessoais, e também, na arte. Até a velha relação livro, leitor, escritor, editor está se transformando.

Então, o fato que podemos notar de imediato, é essa explosão dos livros de auto ajuda, (que não são, ainda, considerados literatura, mas, mas, mas, tudo pode acontecer no futuro, rsss )


E também, vemos também o renascimento dos temas fantásticos nos filmes e nos livros. O que é muito legal, apesar da diversidade de temas, de qualidade, de versões, a litfant se fortalece.


" Felizmente, hoje a Literatura Fantástica tem o seu valor. Antes tarde do que nunca."

O que for bom, vai se destacar e permanecer. cyclops


Última edição por Tânia Souza em Sab 31 Jan 2009 - 19:06, editado 1 vez(es)
avatar
Tânia Souza

Mensagens : 2066
Data de inscrição : 27/12/2008
Idade : 40

Ver perfil do usuário http://recantodasletras.uol.com.br/autores/titania

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LITERATURA DE TERROR

Mensagem por Henry Evaristo em Sex 9 Jan 2009 - 13:40

Falando em litfant, literatura para isso ou para aquilo, lembrei que tem um conto famoso que eu nunca li. gostaria muito de encontrar na net o conto O HOMEM DE AREIA do E.T.A Hoffman. Alguem tem alguma informação a respeito? Algum site de download?
avatar
Henry Evaristo
Admin

Mensagens : 753
Data de inscrição : 27/12/2008

Ver perfil do usuário http://forumdacamara.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LITERATURA DE TERROR

Mensagem por Poleto em Sex 9 Jan 2009 - 13:58

Henry escreveu:Falando em litfant, literatura para isso ou para aquilo, lembrei que tem um conto famoso que eu nunca li. gostaria muito de encontrar na net o conto O HOMEM DE AREIA do E.T.A Hoffman. Alguem tem alguma informação a respeito? Algum site de download?

Eu só consegui encontrar em inglês.
Se você tiver familiaridade com o idioma, posso mandar-lhe.
avatar
Poleto

Mensagens : 1550
Data de inscrição : 27/12/2008
Idade : 38
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://casadasalmas.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LITERATURA DE TERROR

Mensagem por Tânia Souza em Sex 9 Jan 2009 - 14:05

O Homem de Areia, acabei de ler Henry, está no livro Contos Fantásticos do século XIX, escolhidos por Italo Calvino, lembra que falamos algo sobre no forum anterior?

Mas na net, não vi muita coisa não...

Esse conto é muito rico, na história, o lado psicologico é bem forte, os pesadelos da infância, as lembranças, tudo se confunde de modo assobroso, e o que mais me chamou atençao foi a presença do autômato, tão perfeito e ao mesmo tempo tão maquinal, (lembrei de Blade Runner)..

ah, o homem de areia, nossa, assusta qualquer criança mesmo, joga areia nos olhos das crianças que não querem dormir ate arrancar e ..
bem, não vou falar mais né, senão conto o conto, rrsrsr...
avatar
Tânia Souza

Mensagens : 2066
Data de inscrição : 27/12/2008
Idade : 40

Ver perfil do usuário http://recantodasletras.uol.com.br/autores/titania

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LITERATURA DE TERROR

Mensagem por Tânia Souza em Sex 9 Jan 2009 - 14:09

Henry, encontrei um site em que há uma versão em audio para o conto, só escutei o começo, por isso não sei se vai até o fim, mas de repente...


Última edição por Tânia Souza em Sex 9 Jan 2009 - 14:16, editado 1 vez(es)
avatar
Tânia Souza

Mensagens : 2066
Data de inscrição : 27/12/2008
Idade : 40

Ver perfil do usuário http://recantodasletras.uol.com.br/autores/titania

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LITERATURA DE TERROR

Mensagem por Tânia Souza em Sex 9 Jan 2009 - 14:14

Ih, esquece, rss, conto incompleto...


Última edição por Tânia Souza em Qui 12 Fev 2009 - 12:51, editado 1 vez(es)
avatar
Tânia Souza

Mensagens : 2066
Data de inscrição : 27/12/2008
Idade : 40

Ver perfil do usuário http://recantodasletras.uol.com.br/autores/titania

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LITERATURA DE TERROR

Mensagem por Poleto em Sex 9 Jan 2009 - 14:15

Tânia Souza escreveu:Henry, encontrei um site em que há uma versão em audio para o conto, só escutei o começo, por isso não sei se vai até o fim, mas de repente...

http://cafeinado.blogspot.com/2008/04/o-homem-de-areia-e-t-hoffmann-1a-parte.html

Está incompleto. Vejam o comentário do autor do blog:

"Arquimedes, o áudio que publiquei não corresponde sequer à terça parte do conto completo. Já estou com uma continuação pronta para publicar, o que farei amanhã (segunda-feira). Infelizmente meu tempo é escasso, mas pretendo concluir o áudio."
avatar
Poleto

Mensagens : 1550
Data de inscrição : 27/12/2008
Idade : 38
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://casadasalmas.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LITERATURA DE TERROR

Mensagem por Tânia Souza em Sex 9 Jan 2009 - 14:18

Imagino que tenha desistido, que pena...

geek
avatar
Tânia Souza

Mensagens : 2066
Data de inscrição : 27/12/2008
Idade : 40

Ver perfil do usuário http://recantodasletras.uol.com.br/autores/titania

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LITERATURA DE TERROR

Mensagem por Poleto em Sex 9 Jan 2009 - 15:15

Tânia Souza escreveu:Imagino que tenha desistido, que pena...

geek

Provavelmente. Ainda mais se levarmos em consideração que a postagem foi em 28 de abril de 2008. Sad
avatar
Poleto

Mensagens : 1550
Data de inscrição : 27/12/2008
Idade : 38
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://casadasalmas.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LITERATURA DE TERROR

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum