CINEMA FANTÁSTICO - Dicas de filmes de terror, horror, ficção-científica, fantasia e demais temas relacionados à arte fantástica.

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

CINEMA FANTÁSTICO - Dicas de filmes de terror, horror, ficção-científica, fantasia e demais temas relacionados à arte fantástica.

Mensagem por Henry Evaristo em Ter 27 Jan 2009 - 23:43

Espaço para dicas de filmes, resenhas e comentários sobre o cinema fantástico.


Última edição por Henry Evaristo em Sab 18 Jul 2009 - 13:29, editado 1 vez(es)
avatar
Henry Evaristo
Admin

Mensagens : 753
Data de inscrição : 27/12/2008

Ver perfil do usuário http://forumdacamara.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CINEMA FANTÁSTICO - Dicas de filmes de terror, horror, ficção-científica, fantasia e demais temas relacionados à arte fantástica.

Mensagem por Henry Evaristo em Ter 27 Jan 2009 - 23:56

Pra começar, proponho que falemos um pouco sobre ALIEN - O Oitavo Passageiro.

O texto que se segue não é meu. Mas achei muito interessante republicá-lo aqui como forma de dar inicio ao tópico.



Há milhares de anos, os contadores de histórias reuniam os membros da tribo à noite em volta da fogueira e falavam sobre aventuras mágicas onde o homem se defrontava com feras terríveis, civilizações exóticas, situações de perigo extremo e medo absoluto diante do mundo desconhecido. O que Ridley Scott fez com maestria em Alien, foi transpor esse ancestral fascínio pelo perigo desconhecido para um ambiente futurista.

Alien mistura na dose certa ficção, terror e suspense. O medo é o motor do filme e Ridley Scott é da boa escola dos diretores maniqueístas, portanto quando um alienígena é mau, ele é absolutamente mau. Prepare-se para uma luta de sobrevivência na selva galáctica, pois o inimigo é astuto e obcecado pela idéia de exterminar seus adversários, no caso, os humanos.

Alien é um filme de pouca conversa. Há cenas inteiras sem uma palavra. E quando falam entre si, os personagens estão em permanente conflito. Mais um ingrediente para aumentar a tensão. O grupo não é coeso. Cada um para seu lado e a hierarquia é transgredida o tempo todo. Somente o cientista Ash mostra uma certa frieza. Mas há um motivo para isso. Em Alien, Sigourney Weaver ainda não é a garota durona que vai estrelar os dois filmes seguintes da tetralogia, mas já rouba a cena embora nos créditos ela não conste como atriz principal. Na minha lembrança, a série Alien trouxe às telas pela primeira vez uma protagonista tuff girl. Nesse filme, porém, a tenente Ripley ainda não é reconhecida como líder no grupo. Talvez a intenção de Ridley Scott fosse passar a idéia de um grupo sem comando que fica à mercê do inimigo externo e dos espertalhões da indústria bélica. Em nenhum momento, os tripulantes mostram algum preparo para lidar com situações como aquela e as coisas correm ao sabor do improviso. Esse comportamento anárquico e cínico dos personagens seria reflexo de uma sociedade americana dividida pelas feridas da Guerra do Vietnã? Quem lucra com a anarquia na nave é o oitavo passageiro.

Esse é um caso especial de filme em que a fotografia e o cenário são fundamentais. O filme não causaria tanto impacto não fosse sua fotografia sombria e claustrofóbica e seus cenários expressionistas. Dentro da nave, temos o contraste entre as dimensões imensas do maquinário e os espaços exíguos, fechados e labirínticos onde os tripulantes circulam. Tudo é metálico e militar. Como em tecnologia as coisas são datadas, mesmo nas visões futuristas, é possível ver um ar de anos 1970 no aparato tecnológico. As imagens em 3D aramado vistas nos monitores da nave lembram o início da computação gráfica. Mesmo assim, ainda hoje esse ambiente de submarino criado pelo cenário põe os nervos do espectador à flor da pele. No planeta desconhecido, a reação é de espanto e estranheza diante de uma arquitetura sinistra e orgânica deixada pela civilização alienígena extinta.

Ridley Scott sabe que uma história não precisa e não deve ser contada por inteiro. Basta criar as cenas chave e o público vai intuir os detalhes omitidos. O roteiro de Alien leva esse preceito à risca e o resultado é um roteiro enxuto com saltos narrativos que mantêm a ação restrita ao essencial. Trata-se de uma ficção científica, mas os recursos que criam o suspense são universais. Por exemplo: um dos truques do cinema para criar suspense é fazer o espectador ver o perigo antes que o personagem que corre risco tome consciência dele. Por isso, o danado do alien adora aparecer subitamente nas costas da vítima enquanto nós espectadores desesperadamente gritamos para a tela: "olhe para trás, idiota". Outro toque de sofisticação: o alienígena aparece em cena muito pouco, sempre em relances que não permitem conhecê-lo por inteiro, o que aguça nossa curiosidade mórbida por essa criatura sinistra. Nos filmes seguintes da série, essa regra não foi respeitada e tudo se tornou mais explícito. O resultado foi mais morbidez e menos suspense. E os parceiros ouvindo pelo rádio o desespero das vítimas? É de deixar o espectador impotente.

Nada como vivenciar o medo para exorcizá-lo. Nossa espécie adora histórias em que o grupo vence a luta pela perpetuação. Fugindo de animais selvagens na mata fechada ou combatendo alienígenas em uma galáxia distante, uma boa história cheia de suspense, terror e criatividade, capaz de mexer com nossos instintos mais básicos, sempre será bem-vinda. Do outro lado estará o inimigo, que, seguindo uma lógica bem semelhante, também quer se perpetuar.


Crítica da Radamés Manosso, em http://radames.manosso.nom.br
avatar
Henry Evaristo
Admin

Mensagens : 753
Data de inscrição : 27/12/2008

Ver perfil do usuário http://forumdacamara.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CINEMA FANTÁSTICO - Dicas de filmes de terror, horror, ficção-científica, fantasia e demais temas relacionados à arte fantástica.

Mensagem por Afonso em Qua 28 Jan 2009 - 23:40

Alien, o oitavo passageiro é o FILME, muito embora ele seja considerado "parado" pelos padrões das montanhas russas tecnológicas de hoje: vide Alien X Predator 2 ( um monte de bosta que eu não tive coragem de terminar de ver tamanha a revolta que me causou testemunhar as duas criaturas dos anos 80 diluidas, assim, num roteiro pífio, apenas pra ganhar dinheiro!). Aliens 2 foi muito bom também ( a luta da "vaca" alienígena com a Sigourney Weaver é uma sequência de tirar o folêgo). Aliás, por falar em filmes de ficção científica, faz tempo que não sai algo digno de ser pagar uma entrada no cinema ou uma locação. O último que assisti voi "Crônicas marcianas"... horrível, fotografia escura que parecia mais pra esconder os efeitos "malacabados" do que questão de estilo do diretor, uma verdadeira .... deixa pra lá. Então, na falta de coisa melhor, rever os velhos clássicos como Aliens, Blade Runner ( também de Ridley Scot) o predador (apesar do brucutu do schwasneggenserrrrrr...sei lá o que) parece ser a melhor pedida!
avatar
Afonso

Mensagens : 702
Data de inscrição : 28/12/2008
Idade : 50

Ver perfil do usuário http://www.contosfantasticos.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CINEMA FANTÁSTICO - Dicas de filmes de terror, horror, ficção-científica, fantasia e demais temas relacionados à arte fantástica.

Mensagem por Poleto em Sex 30 Jan 2009 - 15:45

Minha pequena contribuição. Este é um dos melhores filmes de terror que já assisti.
Sam Neil é realmente um cara perfeito para papéis loucos/assustadores.
A crítica abaixo também não é minha.

O ENIGMA DO HORIZONTE
(Event Horizon)



Desde que assisti "Alien, O Oitavo Passageiro" pela primeira vez, lá nos anos 80, que um filme de ficção científica/horror não me deixa tão assustado. Mas este "O Enigma do Horizonte" (Event Horizon, 1997) é uma ótima surpresa, um filme realmente extraordinário que consegue criar um clima de terror sério e pesado, sem humor ou brincadeirinhas bobas.

Não bastasse tudo isso, ainda é incrivelmente sádico, com algumas das cenas de violência e morte mais impressionantes filmadas nos últimos anos (como se o Clive Barker de "Hellraiser 1" tivesse feito o filme junto com o Ridley Scott, de "Alien"). Logo, pelo menos na minha modesta opinião, "O Enigma do Horizonte" é um dos grandes filmes de terror do cinema moderno, e não ligo para o que a crítica pensa sobre ele.

A trama, por si só, já é bem misteriosa: "Event Horizon" é o nome de uma nave que sumiu há sete anos, depois de entrar em um buraco negro artificialmente produzido com o objetivo de tornar as viagens espaciais mais rápidas. Seu criador, o dr. Weir (Sam Neil, assustador), acredita que ela possa ter ido parar em uma outra dimensão, mas sete anos depois recebe uma transmissão de rádio pedindo ajuda, e enviada pela própria "Event Horizon" - trata-se de uma gravação assustadora onde só se escutam gritos e uma enigmática frase em latim, que quando decifrada vai revelar parte do mistério em torno da nave.

O envio da mensagem motiva o dr. Weir a organizar uma expedição de resgate, liderada por Lawrence Fishburne e com outros seis tripulantes. Uma vez na "Event Horizon", agora transformada em nave-fantasma, os astronautas tentam descobrir o que aconteceu, mas são bombardeados por alucinações macabras que os induzem à morte e ao suicídio.

O tempo inteiro o filme deixa o espectador intrigado com a tal "outra dimensão" onde a "Event Horizon" foi parar. Nunca se chega a uma conclusão e o tal lugar nem é mostrado (felizmente, pois deixa espaço para a imaginação de quem assiste), mas tudo leva a crer que é o próprio inferno. A certa altura, os astronautas passam a acreditar que a nave possa estar "mal assombrada", e que criou vida própria para destruir os intrusos.

Não tem como não ficar arrepiado com a cena onde, por meio de imagens gravadas pelo diário de bordo da nave, a equipe de resgate descobre o que aconteceu com os astronautas da "Event Horizon" - uma verdadeira orgia sangrenta e brutal. Outra seqüência bem forte é no finalzinho, quando Fishburne tem uma visão de seus amigos sendo dilacerados por ferros, arame farpado e ganchos. A cena é mostrada rapidamente, com uma edição digna de pesadelo (no estilo videoclip); mas se você passar em câmera lenta vai ver o maior festival de barbaridades dos últimos anos (pessoas empaladas e por aí vai).

O filme não poupa em sangue e sustos, tornando sua apreciação mais adequada aos adoradores do gênero, e puxando mais para o terror do que para a ficção científica, no final.

Outra curiosidade: o roteiro subverte a ordem convencional das mortes - aqueles que pensamos serem os heróis da trama também acabam morrendo - , e se torna praticamente imprevisível descobrir aqueles que vão conseguir escapar com vida da nave.

Um divertimento de primeira, assustador, tétrico e bizarro como o cinema de horror deixou de ser há muito tempo, com seus "Pânicos" e "Lendas Urbanas".

Crítica de Felipe M.Guerra no site Boca do Inferno (http://www.bocadoinferno.com/romepeige/filmes/E/E23.html)
avatar
Poleto

Mensagens : 1550
Data de inscrição : 27/12/2008
Idade : 38
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://casadasalmas.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CINEMA FANTÁSTICO - Dicas de filmes de terror, horror, ficção-científica, fantasia e demais temas relacionados à arte fantástica.

Mensagem por Afonso em Sex 30 Jan 2009 - 23:25

Poleto, faz um tempão que eu vi este filme e, pra ser sincero, me lembro pouco dele, acho até que é este em que os astronautas são acometidos por visões, acabam elouquecendo e se matando! Lembra um pouco "Solaris". Bom, de qualquer forma eu acho que vale uma revisitada. Clima de terror, ah, isso o filme tem sim!
avatar
Afonso

Mensagens : 702
Data de inscrição : 28/12/2008
Idade : 50

Ver perfil do usuário http://www.contosfantasticos.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CINEMA FANTÁSTICO - Dicas de filmes de terror, horror, ficção-científica, fantasia e demais temas relacionados à arte fantástica.

Mensagem por Henry Evaristo em Ter 3 Fev 2009 - 17:51

Realmente O Enigma do Horizonte é um bom filme, um raro exemplar da linha terror/ficção que se pode levar a sério. Só não gostei muito dos efeitos digitiais que, devido à época e a falta de recursos, ficaram um tanto quanto destacados de mais do ambiente, como se tivessem um brilho excessivo, ou algo assim. É algo bem comum de se ver em filmes que utilizam muitas cenas de efeitos e que não são super produções. Mas este é um aspecto tecnico. Como entretenimento de terror e ficção o filme é ótimo.

Tenho uma cópia dele em VHS por aqui em algum lugar...





avatar
Henry Evaristo
Admin

Mensagens : 753
Data de inscrição : 27/12/2008

Ver perfil do usuário http://forumdacamara.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CINEMA FANTÁSTICO - Dicas de filmes de terror, horror, ficção-científica, fantasia e demais temas relacionados à arte fantástica.

Mensagem por Henry Evaristo em Dom 1 Mar 2009 - 0:36

Amigos! Em minhas gqarimpagens ai pela rede olhem o que encontrei!

http://www.worstpreviews.com/trailer.php?id=785&item=0

O primeiro trailer para o filme O LOBISOMEM, com Benicio Del Toro. Vejam, a aumentem suas ansiedades!
avatar
Henry Evaristo
Admin

Mensagens : 753
Data de inscrição : 27/12/2008

Ver perfil do usuário http://forumdacamara.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CINEMA FANTÁSTICO - Dicas de filmes de terror, horror, ficção-científica, fantasia e demais temas relacionados à arte fantástica.

Mensagem por Poleto em Seg 2 Mar 2009 - 19:15

Henry escreveu:Amigos! Em minhas gqarimpagens ai pela rede olhem o que encontrei!

http://www.worstpreviews.com/trailer.php?id=785&item=0

O primeiro trailer para o filme O LOBISOMEM, com Benicio Del Toro. Vejam, a aumentem suas ansiedades!

Belo achado, Henry!
O elenco pelo menos está bem legal: Benicio Del Toro, Anthony Hopkins e Hugo Weaving.
O filme parece (eu disse parece) bem legal.
avatar
Poleto

Mensagens : 1550
Data de inscrição : 27/12/2008
Idade : 38
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://casadasalmas.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CINEMA FANTÁSTICO - Dicas de filmes de terror, horror, ficção-científica, fantasia e demais temas relacionados à arte fantástica.

Mensagem por Tânia Souza em Seg 2 Mar 2009 - 19:21

É impressão minha ou o filme é de época? Tomara, parece que fica mais convincente, as imagens de trancas nas janelas, s florestas, tudo isso me lembra muito as lendas originais dos lobisomens, como disse o Poleto, parece ser um bom filme, agora estou curiosa para assistir!
avatar
Tânia Souza

Mensagens : 2066
Data de inscrição : 27/12/2008
Idade : 40

Ver perfil do usuário http://recantodasletras.uol.com.br/autores/titania

Voltar ao Topo Ir em baixo

CENA DE FILME BRASILEIRO

Mensagem por Rogério em Qui 2 Abr 2009 - 20:44

assistam a risada deste taxista, num filme brasileiro, que risada tétrica:
avatar
Rogério

Mensagens : 16
Data de inscrição : 23/03/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CINEMA FANTÁSTICO - Dicas de filmes de terror, horror, ficção-científica, fantasia e demais temas relacionados à arte fantástica.

Mensagem por Henry Evaristo em Sex 3 Abr 2009 - 15:52

Rogério escreveu:assistam a risada deste taxista, num filme brasileiro, que risada tétrica:

Rsrsrsrsr! Brasileiro! Rsrsrsrrs!

Acho que o motorista é o Paulo César Peréio. "Esse bicho é que tá certo!" Rsrsrrsrs!
avatar
Henry Evaristo
Admin

Mensagens : 753
Data de inscrição : 27/12/2008

Ver perfil do usuário http://forumdacamara.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CINEMA FANTÁSTICO - Dicas de filmes de terror, horror, ficção-científica, fantasia e demais temas relacionados à arte fantástica.

Mensagem por Henry Evaristo em Dom 21 Jun 2009 - 23:53

Uma dica de filme fantástico é COLAPSO NO ÁRTICO de Larry fessenden. Confiram no blog IMPÉRIO DO MEDO

http://imperiodomedo.blogspot.com/2008/06/colapso-no-rtico.html
avatar
Henry Evaristo
Admin

Mensagens : 753
Data de inscrição : 27/12/2008

Ver perfil do usuário http://forumdacamara.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CINEMA FANTÁSTICO - Dicas de filmes de terror, horror, ficção-científica, fantasia e demais temas relacionados à arte fantástica.

Mensagem por Afonso em Seg 22 Jun 2009 - 0:33

Henry Evaristo escreveu:Uma dica de filme fantástico é COLAPSO NO ÁRTICO de Larry fessenden. Confiram no blog IMPÉRIO DO MEDO

http://imperiodomedo.blogspot.com/2008/06/colapso-no-rtico.html

Parece interessante. Gosto de filmes que centralizam num grupo de pessoas que ficam confinadas a determinado lugar e tem que lidar com o sobrentatural.

Agora, esta coisa de entidade sobrenatural que se vinga contra os depredadores da natureza, acho um argumento meio capenga. É a mesma coisa que buscar no curupira um monstro que mata os irresponsáveis pelo desmatamento das florestas ou caçadores de animais em extinção. Mesmo no gênero fantástico fica dificil de engolir! Bom, o negócio é assistir pra tirar a prova dos 9, né?
Very Happy
avatar
Afonso

Mensagens : 702
Data de inscrição : 28/12/2008
Idade : 50

Ver perfil do usuário http://www.contosfantasticos.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CINEMA FANTÁSTICO - Dicas de filmes de terror, horror, ficção-científica, fantasia e demais temas relacionados à arte fantástica.

Mensagem por Henry Evaristo em Ter 14 Jul 2009 - 20:09

Amigos, a mais nova promessa para os filmes de terror de qualidade é GRACE, uma produção que está causando sensação nos festivais por onde passa, com pessoas passando mal e desmaiando. Ainda não tenho muitas informações sobre a película mas seu tema é extremamente mórbido envolvendo crianças recem-nascidas, canibalismo e ingestão de sangue humano. Aí está o trailer:


http://www.youtube.com/watch?v=_FIsRuIoxLE
avatar
Henry Evaristo
Admin

Mensagens : 753
Data de inscrição : 27/12/2008

Ver perfil do usuário http://forumdacamara.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

opa!!

Mensagem por Wagner Andreatta em Sex 17 Jul 2009 - 12:22

Não vi quem foi!
Deixaram minha lápide aberta...
Fugi!!

huahuahua (risada maléfica)

OPA!

Cá estou novamente...
=P
hehe

Bom, pera começar bem, lá vai uma contribuiçãoZINHA... =)

Bubba Ho-Tep (Bubba Ho-Tep - 2002)



Sinopse: Elvis Presley (Bruce Campbell) e o presidente John F. Kennedy (Ossie Davis) não morreram. Estão bem vivos, morando numa casa de repouso no Texas. Elvis estava cansado de sua vida, então decidiu trocar de lugar com um imitador; enquanto JFK, que mudou de cor e deixou o bigode crescer, teve sua morte encenada pelo sucessor Lyndon Johnson. Será verdade ou são dois velhos malucos? E ainda para tornar a trama mais bizarra, o estabelecimento onde moram está sendo atacado por uma múmia devoradora de almas.

Coment´s: Em Bubba Ho-Tep, Campbell interpreta nada mais nada menos do que o rei do Rock, Elvis Presley. Mas a glória fica por ai, pois Elvis está esquecido por todos, vivendo em um monótono asilo fudidaço... e pra piorar o cara está com um maldito câncer nas bolas.
Mas a coisa não fica por ai, quando ele conhece um suposto John F. Kennedy negro, interpretado pelo gênial Osie Davis a coisa esquenta: O Asilo é perturbado por uma Mumia maldita e devoradora de almas!
Niguem melhor pra cuidar disso do que Bruce "Ash" Campbell como Elvis "Fuckin" Presley.
Você conhece a lenda...
Agora conheça a verdade.

(Créditos: Tchollo Ventura)

Legendado

http://rapidshare.com/files/146952989/Bubba_Ho-tep_2002.part1.rar
http://rapidshare.com/files/146969671/Bubba_Ho-tep_2002.part2.rar
http://rapidshare.com/files/146992370/Bubba_Ho-tep_2002.part3.rar
http://rapidshare.com/files/147003313/Bubba_Ho-tep_2002.part4.rar

OBS: Os arquivos estão em ".rvmb".
Pra assistir é necessário um player que aceite a extensão.
Sugiro esse que é leve e de fácil manuseio: SMPlayer http://www.baixaki.com.br/site/dwnld47077.htm
avatar
Wagner Andreatta

Mensagens : 3
Data de inscrição : 16/07/2009
Idade : 32
Localização : Colombo City / Paraná

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CINEMA FANTÁSTICO - Dicas de filmes de terror, horror, ficção-científica, fantasia e demais temas relacionados à arte fantástica.

Mensagem por Tânia Souza em Sab 1 Ago 2009 - 18:32

Estou com um filme aqui para assistir e queria saber se algum de vcs já o viu, chama-se O Tatuador, a capa é bem interessante, mas... e ai, alguém conhece o filme????
avatar
Tânia Souza

Mensagens : 2066
Data de inscrição : 27/12/2008
Idade : 40

Ver perfil do usuário http://recantodasletras.uol.com.br/autores/titania

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CINEMA FANTÁSTICO - Dicas de filmes de terror, horror, ficção-científica, fantasia e demais temas relacionados à arte fantástica.

Mensagem por Poleto em Dom 2 Ago 2009 - 1:36

Hoje aluguei "O Dia em que a Terra parou". Ainda não vi, mas o trailer pareceu-me bem interessante.
Até por uns filmes de terror na locadora, mas com o que andam produzindo hoje em dia, não me animei a trazer nada do gênero...
avatar
Poleto

Mensagens : 1550
Data de inscrição : 27/12/2008
Idade : 38
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://casadasalmas.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CINEMA FANTÁSTICO - Dicas de filmes de terror, horror, ficção-científica, fantasia e demais temas relacionados à arte fantástica.

Mensagem por Henry Evaristo em Seg 3 Ago 2009 - 0:48

Finalmente terminei de assistir LIVRO DE SANGUE. Dizem que quando não sabemos o que achar de um filme é por que ele, segundo os criticos, é irregular. Bem, então é isso: um filme bastante irregular. Ainda não foi dessa vez, Barker!
avatar
Henry Evaristo
Admin

Mensagens : 753
Data de inscrição : 27/12/2008

Ver perfil do usuário http://forumdacamara.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CINEMA FANTÁSTICO - Dicas de filmes de terror, horror, ficção-científica, fantasia e demais temas relacionados à arte fantástica.

Mensagem por Poleto em Seg 3 Ago 2009 - 11:23

Bom, devo dizer que "O dia em que a Terra parou" é um filme bem fraquinho. A atuação do Keanu Reeves é estranha. Eu não assisti a versão original do filme, então não sei se estragaram ou não. A trama é até interessante, mas do meio para o final vira um sentimentalisto hediondo que acabou melando o que poderia ser um bom filme.
avatar
Poleto

Mensagens : 1550
Data de inscrição : 27/12/2008
Idade : 38
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://casadasalmas.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CINEMA FANTÁSTICO - Dicas de filmes de terror, horror, ficção-científica, fantasia e demais temas relacionados à arte fantástica.

Mensagem por Obed de Faria Junior em Seg 3 Ago 2009 - 18:49

Ao comparar as versões de "O dia em que a Terra parou", penso eu, não basta comparar os filmes, em si, como obras cinematográficas.

A versão original foi, de certa forma, um marco em sua época. Vi, tempos atrás, um documentário num desses canais de TV por assinatura (não lembro qual), em que personalidades ligadas às artes, que tenham se dedicado em algum momento à ficção científica, davam seus depoimentos de como o filme os marcou em suas infâncias. Foi interessante ver Steven Spielberg, George Lucas e outros comentando suas impressões.

Naquela ocasião (1951), os temores mundiais focavam-se na Guerra Fria e uma certa paranóia coletiva tomava conta de todos. Ainda, as pessoas resguardavam alguma dose de inocência e, certamente, o cinema não apresentava de maneira explícita coisas muito chocantes (nem poderia fazê-lo, por questões de auto-censura, na época). Também, os filmes ainda ganhavam destaque e preferência mais pela qualidade de suas tramas e interpretações do que pelos efeitos especiais (ao contrário de hoje em dia).

Portanto, naquelas circunstâncias, surgir um extraterrestre que literalmente fez a "Terra parar" (porque inibia o funcionamento de quaisquer artefatos, equipamentos, máquinas, instrumentos, independente do tipo de energia que os fizesse funcionar) era como que um "castigo dos céus" pela insensatez humana que se acreditava, como nunca antes, à beira da destruição total pelo simples apertar de um botão que poderia ser acionado, de uma hora para outra, naquele jogo de idieologias.

Também, naquela época, é que as ocorrências "ufológicas" começavam a disseminar-se em testemunhos que pipocavam mundo afora. O imaginário coletivo ainda explorva as possibilidades dessa nova "fronteira"

Ou seja, o impacto do filme original teve méritos que o atual, certamente, nem poderia sonhar em se equiparar. O público de hoje já está escaldado contra ameaças alienígenas, depois de tantos e tantos filmes que as retrataram de formas diversas, com maior ou menor verossimilhança com o que a ciência, a cada tempo, poderia sustentar. També, efeitos especiais já se banalizaram no cinema, porque os recursos digitais parecem já não coneguir mais surpreender, porque passaram a ser quase que óbvios.

No mais, a trama original até que foi razoavelmente reproduzida na versão atual. As variações são inevitáveis, para adaptar ao tempo e às novas circunstâncias que nós, "teráqueos", vivemos hoje.

Só um exemplo: no filme original o alienígena dirigiu-se, de fato às Nações Unidas, como se esse organismo tive como representar a humanidade como um todo e, naquela época, a onu tinha só três anos de existência. Hoje, obviamente, ninguém mais se ilude que a ONU é uma encenação para inglês ver (ou americano.. ou qualquer que seja a nacionalidade). O alienínega da película atual, de pronto, é dissuadido a procurar as Nações Unidas, porque isso seria algo inócuo.

Bem. As comparações entre as diferenças entre os dois filmes, portanto - segundo meu ponto de vista, é claro - poderia se estender a outros tantos detalhes. Contudo, conforme expus, penso que colocá-los cada um em seu contexto histórico, dá melhor o tom do que, efetivamente, vale a pena comparar.
avatar
Obed de Faria Junior

Mensagens : 23
Data de inscrição : 20/07/2009
Idade : 56
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário http://obed.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CINEMA FANTÁSTICO - Dicas de filmes de terror, horror, ficção-científica, fantasia e demais temas relacionados à arte fantástica.

Mensagem por Poleto em Seg 3 Ago 2009 - 19:22

Obed de Faria Junior escreveu:Ao comparar as versões de "O dia em que a Terra parou", penso eu, não basta comparar os filmes, em si, como obras cinematográficas.

A versão original foi, de certa forma, um marco em sua época. Vi, tempos atrás, um documentário num desses canais de TV por assinatura (não lembro qual), em que personalidades ligadas às artes, que tenham se dedicado em algum momento à ficção científica, davam seus depoimentos de como o filme os marcou em suas infâncias. Foi interessante ver Steven Spielberg, George Lucas e outros comentando suas impressões.

Naquela ocasião (1951), os temores mundiais focavam-se na Guerra Fria e uma certa paranóia coletiva tomava conta de todos. Ainda, as pessoas resguardavam alguma dose de inocência e, certamente, o cinema não apresentava de maneira explícita coisas muito chocantes (nem poderia fazê-lo, por questões de auto-censura, na época). Também, os filmes ainda ganhavam destaque e preferência mais pela qualidade de suas tramas e interpretações do que pelos efeitos especiais (ao contrário de hoje em dia).

Portanto, naquelas circunstâncias, surgir um extraterrestre que literalmente fez a "Terra parar" (porque inibia o funcionamento de quaisquer artefatos, equipamentos, máquinas, instrumentos, independente do tipo de energia que os fizesse funcionar) era como que um "castigo dos céus" pela insensatez humana que se acreditava, como nunca antes, à beira da destruição total pelo simples apertar de um botão que poderia ser acionado, de uma hora para outra, naquele jogo de idieologias.

Também, naquela época, é que as ocorrências "ufológicas" começavam a disseminar-se em testemunhos que pipocavam mundo afora. O imaginário coletivo ainda explorva as possibilidades dessa nova "fronteira"

Ou seja, o impacto do filme original teve méritos que o atual, certamente, nem poderia sonhar em se equiparar. O público de hoje já está escaldado contra ameaças alienígenas, depois de tantos e tantos filmes que as retrataram de formas diversas, com maior ou menor verossimilhança com o que a ciência, a cada tempo, poderia sustentar. També, efeitos especiais jáse banalizaram no cinema, porque os recursos digitais parecem já não coneguir mais surpreender, porque passaram a ser quase que óbvios.

No mais, a trama original até que foi razoavelmente reproduzida na versão atual. As variações são inevitáveis, apra adaptar ao tempo e às novas circunstâncias que nós, "teráqueos", vivemos hoje.

Só um exemplo: no filme original o alienígena dirigiu-se, de fato às Nações Unidas, como se esse organismo tive como representar a humanidade como um todo e, naquela época, a onu tinha só três anos de existência. Hoje, obviamente, ninguém mais se ilude que a ONU é uma encenação para inglês ver (ou americano.. ou qualquer que seja a nacionalidade). O alienínega da película atual, de pronto, é dissuadido a procurar as Nações Unidas, porque isso seria algo inócuo.

Bem. As comparações entre as diferenças entre os dois filmes, portanto - segundo meu ponto de vista, é claro - poderia se estender a outros tantos detalhes. Contudo, conforme expus, penso que colocá-los cada um em seu contexto histórico, dá melhor o tom do que, efetivamente, vale a pena comparar.

É até bom que mudem algumas coisas para encaixá-lo no contexto histórico atual (inclusive, tem uma situação engraçada aonde, após ser dissuadido de procurar a ONU pela Secretária de Defesa dos EUA, Klatoo pergunta a ela se o país dela representava a humanidade, ela nega de forma não convincente, mas ao final diz: "você pode conversar comigo mesmo").

Eu gostei da trama; mesmo. Mesmo que o impacto nos dias de hoje seja quase nulo, eu acho que ali tem uma mensagem bem legal (talvez com o mesmo propósito que o filme na versão original). So acho que o filme do meio para o final ficou um tanto quanto piegas.
E a atuação do Keanu Reeves...
avatar
Poleto

Mensagens : 1550
Data de inscrição : 27/12/2008
Idade : 38
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://casadasalmas.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CINEMA FANTÁSTICO - Dicas de filmes de terror, horror, ficção-científica, fantasia e demais temas relacionados à arte fantástica.

Mensagem por Obed de Faria Junior em Seg 3 Ago 2009 - 19:26

Poleto, você foi extremamente generoso ao qualificar a participação do Keanu Reeves de "atuação"... E, de fato, o filme para ficar mais piegas só faltava fazer ressuscitar o pai do menininho... Mas acho que aí, já entraríamos na seara do "Cemitério maldito", que é uma coisa bem diferente.
avatar
Obed de Faria Junior

Mensagens : 23
Data de inscrição : 20/07/2009
Idade : 56
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário http://obed.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CINEMA FANTÁSTICO - Dicas de filmes de terror, horror, ficção-científica, fantasia e demais temas relacionados à arte fantástica.

Mensagem por Poleto em Seg 3 Ago 2009 - 19:40

Obed de Faria Junior escreveu:Poleto, você foi extremamente generoso ao qualificar a participação do Keanu Reeves de "atuação"... E, de fato, o filme para ficar mais piegas só faltava fazer ressuscitar o pai do menininho... Mas acho que aí, já entraríamos na seara do "Cemitério maldito", que é uma coisa bem diferente.

Talvez se ressuscitasse o pai do menininho e ele viesse fedendo a terra, com um olhar estranho e uma navalha na mão... ah! Mas aí não seria mais um filme de FC! Smile

A parte piegas é que eu fiquei curioso para saber se existia no primeiro filme.
avatar
Poleto

Mensagens : 1550
Data de inscrição : 27/12/2008
Idade : 38
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://casadasalmas.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CINEMA FANTÁSTICO - Dicas de filmes de terror, horror, ficção-científica, fantasia e demais temas relacionados à arte fantástica.

Mensagem por Obed de Faria Junior em Seg 3 Ago 2009 - 19:43

Do meu ponto de vista, o filme original foi todo ele extremamente piegas. Mas, naquela época, isso era quase inevitável. O filme tinha um público alvo que eram os frequentadores das matinês. Portanto, a pieguice estava no contexto do que lhes era palatável, na ocasião.
avatar
Obed de Faria Junior

Mensagens : 23
Data de inscrição : 20/07/2009
Idade : 56
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário http://obed.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CINEMA FANTÁSTICO - Dicas de filmes de terror, horror, ficção-científica, fantasia e demais temas relacionados à arte fantástica.

Mensagem por Poleto em Seg 3 Ago 2009 - 20:43

Obed de Faria Junior escreveu:Do meu ponto de vista, o filme original foi todo ele extremamente piegas. Mas, naquela época, isso era quase inevitável. O filme tinha um público alvo que eram os frequentadores das matinês. Portanto, a pieguice estava no contexto do que lhes era palatável, na ocasião.

Então acho que de lá pra cá não mudou muita coisa não...
avatar
Poleto

Mensagens : 1550
Data de inscrição : 27/12/2008
Idade : 38
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://casadasalmas.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CINEMA FANTÁSTICO - Dicas de filmes de terror, horror, ficção-científica, fantasia e demais temas relacionados à arte fantástica.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum